29
Qua, Jan

“Dizíamos, há poucos dias, em mensagem de Ano Novo dirigida à Nação cabo-verdiana, que, num ano, o de 2020, em que entramos no quadragésimo quinto aniversário da independência nacional e iniciamos um novo ciclo eleitoral, com as autárquicas, os desafios da qualificação e extensão da democracia e da cultura constitucional, do aprimoramento e fortalecimento dos pilares do nosso estado de direito mostram-se decisivos num contexto, internacional e igualmente com alguns sinais entre nós, em que o canto da sereia do nacional-populismo, que nem sempre surge com uma linguagem agressiva ou abertamente antidemocrática, pode mostrar-se atraente, cómodo, mas, a final, ardiloso e portador de soluções que rejeitámos há quase três décadas.” (extrato da mensagem do PR por ocasião do dia 13 de janeiro de 2020)

Mais artigos...