19
Seg, Nov

Seminário São José lança boletim informativo A Barca

Igreja
Tipografia

O Seminário São José da diocese de Santiago acaba de lançar o primeiro número de A Barca, boletim (in)formativo que pretende ligar os seminaristas nas várias fases e seminários com os amigos e benfeitores daquela casa de Formação de futuros padres. 

 

A BARCA, segundo o reitor, padre José Álvaro,  “devia começar a ser publicado no ano passado, por ocasião do jubileu dos 60 anos do Seminário na Praia, mas o projecto falhou. Este ano os seminaristas ressuscitaram a ideia” 

O objectivo, segundo o mesmo é “dar a conhecer o seminário de S. José às comunidades, especial aos adolescentes e jovens; para partilhar os testemunhos vocacionais dos seminaristas, para dar a conhecer o PréSeminário S. João Evangelista, que este ano conta conta com 12 rapazes”

A Barca vai dar notícias do Seminário, da Diocese de Santiago e terá alguns artigos sobre a fé e a vocação. A BARCA é um desafio para um melhor comunicação, mais estudo, mais interioridade e melhor testemunho.

Recorde-se que o Seminário de São José foi aberto no dia 07 de outubro de 1957 por iniciativa de Dom José do Carmo Colaço, que veio a Cabo Verde em 1956, com o firme propósito de reabrir o Seminário «custe o que custar». Ele dizia que Diocese sem seminário é como uma família sem filhos. Com uma história de altos e baixos, pelo Seminário passaram 752 alunos, dos quais cerca de 40 chegaram a ser ordenados sacerdotes, entre cabo-verdianos e Bissau-Guineenses.

A Diocese de Santiago tem hoje 20 seminaristas maiores, divididos por 4 seminários: O de São José, em Cabo Verde, o dos Olivais, em Lisboa, Portugal, e o Seminário de Évora (Portugal) e o colégio Alberone, em Piacenza (Itália). 

TN - Redação

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS