06
Sab, Mar

Covid-19: SOCA disponibilizou 500 contos para ajudar 30 artistas a fazer face às dificuldades

Cultura
Tipografia

A Sociedade Cabo-verdiana de Autores (SOCA) disponibilizou o valor de 500 contos para apoiar 30 artistas, entre 2020 e 2021, para fazer face às dificuldades criadas pela pandemia do novo coronavírus.

A informação foi avançada hoje à Inforpress pelo presidente desta entidade de gestão colectiva, Daniel Spínola, tendo avançado que em 2020 realizaram cerca de 15 actividades de música, com vista a arrecadar receitas para apoiar os artistas em situação de “precariedade”.

“Em 2020 apoiamos 20 artistas com o valor de quase 300 contos e este ano já apoiamos alguns que por causa da covid-19 ficaram sem actuar e sem rendimento”, precisou.

Como o intuito de continuar a apoiar os artistas, que não são contemplados no âmbito do direito de autores, informou que, enquadrado na comemoração do 16º aniversário da SOCA, estão a promover a “Semana de Arte integrada” com vista a assinalar a efeméride e para apoiar esses artistas.

A actividade teve início no dia 19 com uma exposição colectiva de pinturas intitulada “Acervo da Soca Galeria de Artes”, na sala de munícipes da Câmara Municipal da Praia, que contou também com a participação especial do fotógrafo Tony de Pina.

Ainda, no final de semana, a SOCA organizou várias actividades no município do Tarrafal, em parceria com a Associação Literária do Tarrafal de Santiago (Atlas), como forma de descentralizar as suas actividades.

Anualmente, a SOCA celebra esta data com uma gala de homenagem aos artistas e com a distribuição de direitos de autores, mas este ano, devido às limitações, por causa da covid-19, não haverá a habitual cerimónia.

Entretanto, garantiu à Inforpress que vão fazer duas distribuições de direito de autores aos associados da SOCA, no decurso deste ano.

“Ainda não temos tudo acertado, mas estamos a fazer a programação, porque temos de cumprir alguns critérios e regulamento e antes do final do ano, certamente, faremos algumas distribuições no domínio da música e literatura”, assegurou.

Ainda no âmbito da comemoração do 16º ano, durante esta semana, está previsto o lançamento do livro “Espermas de Sol”, de António Silva Roque, “O Moribundo”, de Daniel Ramos Mendes e “Foi Colombo O Primeiro Cabo-verdiano?”, de Marcel Gomes Balla, e uma feira de livro.

Para fechar a semana em alta, vão lançar no dia 27, no município do Tarrafal, a Revista Soca Magazine em homenagem a Princezito, um evento que vai contar com a participação do bailarino Manu Preto.

A SOCA conta actualmente com cerca de 500 associados nas áreas de música, literária, artes plásticas, fotografia, arquitectura, entre outros.

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS