21
Dom, Jul

Documentário “Hora di bai” vai ser exibido na Semana de África em Macau

Cultura
Tipografia

O documentário “Hora di bai”, da realizadora e produtora cabo-verdiana Samira Vera Cruz, inaugura o ciclo de cinema que acontece durante a Semana de África, que decorre de 21 a 28, em Macau.

Organizada pelas Associações dos Países Africanos de Língua Portuguesa em Macau, a Semana de África, segundo a presidente da direcção da Associação Amizade Macau Cabo Verde, Ada Sousa, visa dar a conhecer e divulgar a cultura dos países africanos, através da música, gastronomia e cinema.

“Com a Semana de África procuramos pôr à vista de todos o potencial dos nossos profissionais”, afirmou.

Durante a Semana de África, uma forma de comemorar o Dia da África, assinalado no dia 25, várias actividades vão ser levadas a cabo desde concerto, palestras, cinema, exposição de pintura, desfile de moda, workshop, entre outros.

Nesta segunda edição, a organização pretende recolher donativos para apoiar as vítimas do ciclone Idai e Kenneth em Moçambique, durante a exibição cultural “Mama África” e através dos concertos.

Este ano, informou, vão contar com a presença de três profissionais convidados, Samira Vera Cruz (realizadora de Cabo Verde), Patrícia Vasco (designer de moda e artesã de Moçambique) e Sidney Cerqueira (artista plástico da Guiné-Bissau).

As curtas-metragens “Hora di Bai” (“Hora de partir”), da realizadora e produtora cabo-verdiana Samira Vera Cruz, e “Mana Kia”, da são-tomense Katya Aragão, marcam o arranque das celebrações da Semana de África, a 21 de Maio, e inauguram o ciclo de cinema, que decorre até 28 de Maio, no Clube C&C, na Avenida da Praia Grande, em Macau.

Ainda, segundo a organização, Samira Vera Cruz irá ministrar uma palestra sobre “O Desenvolvimento do Cinema em Cabo Verde”, no dia 23 de Maio, na Faculdade de Indústrias Criativas da Universidade de São José (USJ).

No âmbito da programação, está previsto um concerto com “The Bridge”, “5as no Sports”, “Dat Trio” e “Stribilin” (constituído por um grupo de estudantes de Cabo Verde a estudar em Macau e China), em solidariedade para com as vítimas dos ciclones que atingiram Moçambique.

No Dia Internacional de África, que se celebra a 25 de Maio, está ainda previsto um Jantar de Gala, no Restaurante Varandas do Roosevelt Hotel da Taipa.

Este ano, a organização conta com a participação de cinco associações locais, nomeadamente Associação Angola Macau, Associação de Amizade Macau Cabo Verde, Associação dos Guineenses, Naturais e Amigos da Guiné-Bissau, Associação dos Amigos de Moçambique e a Associação dos São-tomenses e Amigos de São Tomé e Príncipe.

 

Inforpress

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS