16
Qua, Jan

Enquanto os media continuam a descobrir mais e mais informações sobre questões de privacidade em relação ao Facebook - tanto a partilha intencional de dados quanto as fugas de informação não intencionais - o The New York Times publicou um novo relatório: o Facebook forneceu dados a grandes empresas, incluindo o próprio Times, durante 8 anos. 

A Cabo Verde Telecom assinou um acordo com a EllaLink para fornecimento conectividade da Europa e da América Latina a Cabo Verde.

 

Segundo uma nota da Cabo Verde Telecom, o sistema deve entrar em operação já em 2020. Trata-se de um cabo submarino de 4 pares de fibra de última geração projetado para atender à demanda de tráfego entre a Europa e a América Latina. 

De acordo com José Luis Livramento, CEO da CVTelecom “Cabo Verde goza de uma posição geopolítica única no Atlântico, equidistante entre a Europa e a América Latina e perto de África com um compromisso estável e sólido de ordem e democracia, o que faz com que seja o hub ideal para interligar estes territórios ”, acrescenta que“ A EllaLink trabalhou lado a lado com a CVTelecom ao longo dos últimos dois anos para garantir que Cabo Verde beneficie desta oportunidade única de garantir e aumentar a sua conectividade internacional altamente competitiva. Investir no sistema EllaLink posicionará Cabo Verde como líder na transformação digital da região. ”  

Já, Alfonso Gajate, Presidente do Conselho da EllaLink observou “este acordo com a Cabo Verde Telecom é fundamental para o projeto, permitindo-nos avançar e começar a construir o sistema de cabo submarino da EllaLink.

Afirma ainda que o investimento de 25 milhões de dólares da CVTelecom no EllaLink marca uma importante decisão estratégica para o país, que ajudará no desenvolvimento da sua visão social e económica.

O Acordo permitirá à CVTelecom criar uma plataforma de Tecnologia da Informação no Atlântico. “Estamos muito satisfeitos por ter confirmado a nossa parceria com a CVTelecom hoje e esperamos continuar a trabalhar em conjunto na implementação do EllaLink”, afirma.

Salienta-se que, segundo avança a nota, com esta nova conectividade com a cidade da Praia, as ilhas de Cabo Verde terão maior diversidade e resiliência dentro da infra-estrutura de telecomunicações, bem como acesso à capacidade que contribuirá para a rápida evolução do crescimento da Internet e dados 5G na região.

TN - Redação

Mais artigos...