12
Ter, Nov

Os 50 anos de Abbey Road, último álbum dos Beatles

Música
Tipografia

 Álbum foi o último a ser gravado pelos Beatles, marcando o fim da trajetória do quarteto de Liverpool. 

Conheça as histórias por trás das canções da obra que traz capa icônica e experimentação musical 

Em 26 de setembro de 1969, os Beatles lançaram “Abbey Road”. O álbum, que traz a icônica capa da banda atravessando a rua que dá título ao disco, foi o último gravado pelo quarteto de Liverpool antes da separação oficial do grupo no ano seguinte.

“Ninguém sabia ao certo que aquele seria o último álbum, mas todo mundo sentia que seria”, disse o produtor musical da banda, George Martin, no documentário “Anthology”, de 1995.

“Abbey Road” tem 17 faixas e dura 47 minutos e 23 segundos. Com um tom mais positivo do que os discos anteriores, como “The Beatles” (o “Álbum Branco”) e “Get Back” (gravado antes de “Abbey Road”, mas lançado posteriormente com o título “Let it Be”), John Lennon, Paul McCartney, George Harrison e Ringo Starr despediram-se do público falando de amor.

“E, no final, o amor que você recebe é igual ao amor que você dá”, diz a letra de “The End”, canção que encerra um medley de oito músicas presente no final do disco.

Ao todo, os Beatles lançaram 13 álbuns de estúdio. No lançamento de “Abbey Road”, os integrantes da banda tinham 26 e 28 anos, com George Harrison e Paul McCartney sendo os mais novos.

A produção de ‘Abbey Road’

As sessões de gravação de “Abbey Road” começaram em abril de 1969, em Londres, no estúdios da gravadora EMI. A primeira a ser gravada foi “I Want You (She’s so Heavy)”, sexta canção do álbum.

Músicas como “Mean Mr. Mustard” e “Polythene Pam” já tinham sido escritas anteriormente, em 1968, durante uma viagem de John Lennon à Índia. “Here Comes the Sun”, “Come Together” e “The End” eram algumas das canções que eram completamente inéditas no início das gravações.

Durante a produção de “Abbey Road”, o clima entre os Beatles se tornou mais leve, um contraste em relação às tensas gravações de “Let it Be”, consideradas “um inferno” por John Lennon.

A foto da capa

A foto que ilustra a capa de “Abbey Road” se tornou tão icônica quanto o próprio álbum.

Iain Macmillan, amigo pessoal de John Lennon e de sua esposa Yoko Ono, foi o fotógrafo responsável pela imagem, que foi produzida em 8 de agosto de 1969. A ideia da capa trazer a banda atravessando a rua Abbey partiu de Paul McCartney, que esboçou algumas das ideias em um pedaço de papel.

Naquela manhã, um policial londrino interrompeu o tráfego de carros para a produção da foto. Ao todo, Macmillan tirou seis fotos diferentes do grupo atravessando a rua. A quinta acabou sendo a escolhida para a capa do disco.

As outras cinco fotos não usadas foram leiloadas em 2014 por 180 mil libras esterlinas.

A faixa de pedestres de Abbey Road se tornou um dos pontos turísticos mais populares do mundo. Os estúdios da EMI foram renomeadas como estúdios Abbey Road em 1970. Foi lá que os Beatles gravaram todos os seus discos. Uma câmera, acessível ao público 24 horas por dia, mostra o movimento no local ao vivo.

Fonte: www.thebeatles.com

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS