30
Sab, Mai

Top Notícias

«A pandemia deve ser uma campainha de alarme. As ameaças globais exigem uma nova unidade e solidariedade.» A afirmação é do secretário-geral das Nações Unidas, o português António Guterres, em entrevista aos meios de comunicação do Vaticano, na qual defende que futuras vacinas ou tratamentos para o Covid-19 não devem ser «para um país ou uma região ou uma metade do mundo», mas ficarem «disponíveis para todos, em todo o lado».

«Preocupa-me, particularmente, a falta de uma adequada solidariedade com os países em vias de desenvolvimento – seja em fornecer-lhes o necessário para responder à pandemia do Covid-19, seja para fazer frente ao dramático impacto económico e social sobre os mais pobres no mundo», assinala.

Sobre o mundo pós-pandemia, António Guterres considera que «as desigualdades e as diferenças na proteção social que emergiram de maneira tão dolorosa devem ser encaradas». E acrescenta: «Teremos também a oportunidade de colocar em primeiro plano as mulheres e a igualdade de género para ajudar a construir uma resiliência a choques futuros».

Por outro lado, «o dinheiro dos contribuintes deveria ser utilizado para acelerar a descarbonização de todos os aspetos da economia e privilegiar a criação de trabalhos verdes». «Este é o tempo de sermos determinados. Determinados a derrotar o Covid-19 e a sair da crise construindo um mundo melhor para todos», sublinha.

O Papa Francisco vive seus dias no Vaticano, acompanhando de perto as notícias referentes à emergência do coronavírus, e há dois dias ele foi a Santa Maria Maggiore e à igreja de San Marcello al Corso para rezar. O jornal Repubblica conta o que esses dias lhe estão ensinando. 

O Ministério da Saúde garante que já entraram no país cerca de 20 pessoas, entre estudantes e imigrantes chineses, desde que se declarou a emergência do coronavirus. O Terra Nova falou com Edson da Veiga, natural de Santiago e que é estudante do primeiro ano eletrónica em Pequim mas que vive naquele país há quatro anos e que regressou por conta própria desde domingo (02).  

Coaching