27
Sex, Nov

COVID-19: Mais 48 casos e um óbito em 24 horas

Sociedade
Tipografia

Cabo Verde anunciou hoje mais uma morte por covid-19, elevando para um total de 87 óbitos, e 48 novos casos, o menor valor diário dos últimos 27 dias e que aumenta o acumulado para 7.800 infeções.

Os dados foram avançados em conferência de imprensa, na cidade da Praia, pelo diretor do Serviço de Prevenção e Controlo de Doenças Prioritárias, Jorge Noel Barreto, indicando que os laboratórios do país analisaram 332 amostras recolhidas nos últimos cinco dias e 48 deram resultado positivo para a covid-19.

Do total de novos casos, a maioria foi registada na cidade da Praia, ilha de Santiago, com 41, o principal foco da doença, que contabilizou mais uma morte no domingo, elevando para 87 o número de óbitos no país associados à doença, numa taxa de letalidade de 1,1%.

Ainda na ilha de Santiago, foram registados novos casos em Ribeira Grande e São Salvador do Mundo, ambos com um, Ribeira Grande e São Lourenço dos Órgãos, com dois cada, enquanto o outro caso foi notificado em São Filipe, na ilha do Fogo.

No habitual encontro com a imprensa, o porta-voz do Ministério da Saúde salientou que os 48 novos casos, o valor diário mais baixo dos últimos 27 dias, representa um “dia atípico”, mas salientou que a situação no país continua preocupante e que ainda está longe ser resolvida.

Por isso, voltou a apelar a todos para continuarem a tomar as medidas de precaução para evitar um número exagerado de casos do novo coronavírus no país, que passou a ter um total acumulado de 7.800 infeções, desde 19 de março.

Desse total acumulado, 6.620 casos já foram dados como recuperados (85%), sendo 94 nas últimas 24 horas, conforme as autoridades de saúde de Cabo Verde.

Quanto aos casos ativos, são agora de 1.091, prosseguiu Jorge Barreto, que deu conta ainda de 36 novos casos suspeitos em todo o país e 30 pessoas em internamento hospitalar, dos quais três em “situação mais grave”, no Hospital Agostinho Neto, na Praia.