22
Qui, Out

FAO ajuda Cabo Verde a mobilizar recursos para apoiar famílias e combater a Covid-19

Sociedade
Tipografia

O Fundo das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) está a mobilizar recursos para ajudar Cabo Verde a fazer frente à epidemia de Covid19, revelou o representante daquela agência da ONU em entrevista à Rádio de Cabo Verde.

Para isso, conforme Ana Touza, foi gizado um plano de contingência visando atender, em especial, às necessidades das famílias rurais mais vulneráveis.

“Há vários programas e projectos visando, sobretudo, criar condições de resiliência. Estamos perante uma pandemia que provocou muitos constrangimentos, principalmente na fase em que o país ficou paralisado e muito do nosso trabalho foi adiado. Estamos agora a acelerar a nossa programação, na base de um Plano de Contingência contra a pandemia, e estamos a mobilizar mais recursos para atendermos à situação emergencial e de vulnerabilidade, que está a colocar pressão sobre o sector alimentar e a afectar as famílias rurais em Cabo Verde”, adiantou aquela responsável.

Mas além do trabalho específico de mobilização de recursos, a FAO também está a ajudar o Governo na implementação de actividades geradoras de rendimento em benefício das famílias mais vulneráveis, indicou Ana Touza, que destacou o apoio que tem sido concedido à FICASE, através da doacção de cestas básicas alimentares.

“Estamos igualmente a apoiar no domínio da reflorestação, com projectos que dão emprego às pessoas. Neste momento, estão empregados cerca de 600 chefes de família nesse programa, e no quadro das actividades geradoras de rendimento estamos a actuar no domínio do acesso à água, para melhorar a agricultura”, revelou ainda a responsável da FAO em Cabo Verde.

 

TN com RCV