22
Dom, Set

A detenção de Arnaldo Silva é uma sanha do MP, diz o advogado Pinto Monteiro

Sociedade
Tipografia

A detenção de Arnaldo Silva é uma sanha do Ministério Público (MP) que pretende atingir outras pessoas. A declaração é de José Manuel Pinto Monteiro, advogado de defesa do ex bastonário da Ordem dos Advogados de Cabo Verde, Arnaldo Silva, que foi detido ontem pela PJ. 

Pinto Monteiro adianta que foi com surpresa que tomou conhecimento que Arnaldo Silva tinha sido detido e diz-se tranquilo a aguardar o desfecho do processo. Segundo ele esse processo já tinha sido objecto de um despacho de arquivamento proferido pelo procurador Vital Moeda ilibando Arnaldo Silva de qualquer responsabilidade criminal dos factos que remontam aos anos de 1999.

O advogado fala sanha do MP. “Independentemente de qualquer responsabilidade criminal que possa haver já estão prescritos. Por isso não se entende essa sanha do MP, salvo os objectivos inconfessáveis que são de natureza política e pretendendo atingir o presidente da CMP em março de 2014 e a sócia do do Dr. Arnaldo Silva no escritório que é a Dra. Janine Lélis”. Pinto Monteiro adianta também que as acusações não têm fundamento. 

Recorde-se que Arnaldo Silva foi detido na passada quarta feira (4) pela Polícia Judiciária, em cumprimento de um mandado de busca e detenção do Ministério Público da Comarca da Praia suspeito de crimes de burla qualificada, falsificação de documentos, organização criminosa, corrupção ativa, falsidade informática e lavagem de capitais.

Apresentado ao juiz, ontem, foi-lhe proibido de se ausentar do país e de contactar com os outros suspeitos.

 

TN - Redação (Com informações da RCV - Jornal da Tarde)