19
Seg, Nov

Justiça: Fidel Tavares fica sob TIR

Sociedade
Tipografia

O Tribunal da Praia, após ouvir o ex- Diretor Geral dos Serviços Penitenciário e de Reinserção Social, Fidel Tavares, acusado de peculato e infidelidade, aplicou-lhe como medida de coação o Termo de Identidade e Residência (TIR). 

 

Numa conferencia de imprensa promovida pelo próprio acusado, Henrique Varela, seu advoga de defesa falou de perseguição por parte do procurador ad República Patrício Varela. Para a defesa de Fidel não provas de que ele cometera os ilícitos de que é agora causado. Contudo, o Procurador à Inforpress negou estar a perseguir Fidel Tavares e mostrou a sua imparcialidade.  

Recorde-se que na segunda feira passada Fidel Tavares foi preso pela PJ e apresentado ao Juíz para ser interrogado. Fidel é acusado de crime de peculato e indefelidade. 

 

TN - Redação