03
Sex, Abr

Governo disponibiliza cerca de 12 milhões de escudos para o Carnaval no país

Economia
Tipografia

O Governo anunciou esta segunda-feira que vai disponibilizar cerca de 12 mil contos a grupos de Carnaval de 12 municípios, em que a maior fatia vai para São Vicente e São Nicolau, ilhas com as festas mais emblemáticas no país.

Em notas de imprensa, o Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas (MCIC) adiantou que as ilhas de São Vicente e São Nicolau vão receber 7,4 milhões de escudos para o projeto Carnaval Factory 2020.

O Ministério justifica a disponibilização deste montante com o "papel relevante" do Carnaval "na dinamização cultural, social e económica" nas duas ilhas, bem como no setor turístico em Cabo Verde.

Para a ilha de São Vicente, o MCIC informou que, através da Liga Independente dos Grupos Oficial de Carnaval (LIGOC - SV), vai disponibilizar cinco milhões de escudos que posteriormente serão repartidos aos grupos da ilha.

Já os grupos de São Nicolau - Copacabana, Estrela Azul e Brilho de Zona - vão receber 800 mil escudos cada, perfazendo um total de 2,4 milhões de escudos.

O Ministério da Cultura adiantou que vai disponibilizar mais 3,2 milhões de escudos a mais nove municípios, que se candidataram ao incentivo governamental.

Esse total vai para três municípios na ilha de Santiago, dois nas ilhas do Fogo e Santo Antão e nos municípios-ilhas da Boavista e da Brava.

Por sua vez, os sete grupos da cidade da Praia (ilha de Santiago) vão receber 200 mil escudos cada correspondendo a um total de 1,4 milhões de escudos.

Na sexta-feira, o ministro da Cultura e das Indústrias Criativas, Abraão Vicente, recebeu em audiência os sete grupos oficiais de Carnaval da Praia, para auscultá-los sobre a organização da festa do "Rei Momo" 2020.

O ministro destacou o "grande potencial a construir" do Carnaval da capital cabo-verdiana, mas apelou a uma união para uma maior organização.

"No Carnaval da cidade da Praia temos um grande potencial a construir. Para isso, decidimos, para este ano, trabalhar diretamente com os grupos de forma a ajudá-los a organizarem melhor", sustentou Abraão Vicente, esperando que a festa deste ano tenha mais qualidade.

TN - Redação

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS