19
Seg, Nov

IGAE apreende bebidas ilegais avaliadas em cerca de mil e trezentos contos

Economia
Tipografia

A Inspeção-Geral das Atividades Económicas (IGAE) de Cabo Verde anunciou esta sexta-feira a apreensão de bebidas alcoólicas ilegais em três das principais cidades do país no valor de cerca de mil e trezentos contos.

Em comunicado, a IGAE informou que a apreensão de ponches aconteceu numa operação no grande comércio nas cidades da Praia e Assomada (Santiago) e Mindelo (São Vicente), no âmbito das festividades do dia 13 de maio.

A operação foi realizada em conjunto com as polícias Nacional, Fiscal e Municipal, prosseguiu o Órgão da Polícia Criminal, encarregado de promover ações preventivas e repressivas em matéria de infrações antieconómicas e contra a saúde pública.

Os produtos apreendidos, continuou a inspeção cabo-verdiana, são na sua maioria de produção ilegal, ou seja, produzidos por quem não é detentor de licenciamento industrial e não cumpre os requisitos legais de comercialização, nomeadamente rotulagem e suas menções obrigatórias.

Por causa disso, a IGAE indicou que tem realizado formações e sensibilização sobre a produção e comercialização legal de bebidas compostas, com o objetivo de legalizar as atividades de produção e melhoria da qualidade dos produtos e salvaguarda da saúde do consumidor.

As ações, que decorrem na sede da IGAE, na cidade da Praia, e na sua delegação Norte, em São Vicente, contam com a participação do Instituto de Gestão da Qualidade e Propriedade Intelectual (IGQPI) e da Direção Nacional da Indústria.

"Esta ação da IGAE irá continuar no Verão e em particular nos festivais, para fazer frente à forte prática de informalidade, à insegurança das bebidas alcoólicas, à produção de aguardentes de péssima qualidade que serve de matéria-prima para produção de ponches e licores e, sobretudo, para fazer frente ao grave problema do alcoolismo existente em Cabo Verde", garantiu a instituição cabo-verdiana.

A IGAE informou ainda que no mês passado apreendeu cerca de 4.000 litros de aguardente de origem ilegal, no âmbito da fiscalização dos transportes de alimentos.

TN - Redação

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS