22
Ter, Set

Autoridades encerram 32 estabelecimentos na Cidade Praia em 10 dias

Política
Tipografia

As autoridades encerraram 32 estabelecimentos comerciais na cidade da Praia em ações realizadas durante 10 dias no mês de julho, anunciou hoje o presidente da Proteção Civil, indicando que os bares são os estabelecimentos com mais incumprimentos.  

Em conferência de imprensa, na cidade da Praia, para apresentar os resultados de ações realizadas entre 06 e 16 de julho, Renaldo Rodrigues adiantou que foram fiscalizadas 105 estabelecimentos comerciais na capital do país e que 32 foram encerradas, por não respeitarem todas as regras sanitárias impostas para evitar a propagação do novo coronavírus.

O presidente do Serviço Nacional de Proteção Civil e Bombeiros (SNPCB) de Cabo Verde disse que dos 32 estabelecimentos encerrados, a maioria (72%) são bares no bairro de Achada de Santo António, o mais populoso do país.

Falta de sistema de higienização à entrada e de espaço suficiente para promover o distanciamento físico alguns dos incumprimentos detetados pelas autoridades cabo-verdianas, ainda segundo Renaldo Rodrigues, indicando, por outro lado, que cerca de 95% dos funcionários dos estabelecimentos usam máscaras.

Por outro lado, o presidente da Proteção Civil deu conta ainda que 17% dos estabelecimentos comerciais da cidade da Praia apresentam um “funcionamento deficiente”, com falhas ainda no sistema de filas e na ventilação.

Dos estabelecimentos fiscalizadas, as autoridades cabo-verdianas concluíram que 23% tem bom funcionamento, enquanto os restantes apresentam um “funcionamento razoável”, ainda segundo o líder institucional.

Outra preocupação tem sido o consumo de bebidas alcoólicas em bares depois das 21:00 locais, o horário estabelecido para o funcionamento desses estabelecimentos comerciais.

TN- Redação

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS