21
Ter, Jan

PM anuncia 9M€ de investimentos para mitigar efeitos da seca em 2020

Política
Tipografia

O primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, anunciou hoje um programa de mitigação dos efeitos de mais um ano de seca no país, envolvendo mais de nove milhões de euros de investimentos em 2020.

O anúncio foi feito pelo governante ao apresentar, na Assembleia Nacional, a proposta de lei do Orçamento do Estado para 2020, cuja votação na globalidade também acontece hoje.

“A seca continuou em 2019 e terá efeitos em 2020. Um programa de mitigação, com incidência na mobilização de água para a agricultura, na pecuária, no emprego público, continuará a ser executado, com um investimento de mais de um milhão de contos (mais de nove milhões de euros) para 2020”, anunciou o primeiro-ministro.

Cabo Verde enfrenta um período de seca já com três anos, com efeitos nomeadamente na produção agrícola do país.

“Apesar dos consecutivos maus anos agrícolas, a garantia de abastecimento de cereais no país é regular e estável, com um prazo de cobertura média de 5,6 meses, ultrapassando o período mínimo, de garantia de abastecimento alimentar, que é de três meses”, destacou o primeiro-ministro.

Ulisses Correia e Silva garantiu ainda, na mesma mensagem, que o abastecimento dos mercados nacionais com produtos hortícolas “é regular e estável” e que apesar da conjuntura nacional o preço dos produtos de primeira necessidade “é, de forma geral, estável”.

“Apenas 1% da população estimada no período de julho a agosto de 2019 estaria em situação de insegurança alimentar”, enfatizou.

Na intervenção perante os deputados, o primeiro-ministro disse ainda que vai ser lançado um programa de 35 milhões de euros, a implementar entre 2020 e 2023, para “aumento da resiliência” do país, voltado para a mobilização de água – tratamento e dessalinização de água do mar – para uso agrícola.

TN - Redação

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS