18
Qui, Jul

Júlio Correia posiciona-se a favor da venda do Liceu da Várzea

Política
Tipografia

O deputado do PAICV, Júlio Correia, considerou que o espaço na Várzea onde se edificará o novo complexo diplomático americano foi negociado de “boa-fé, tal como outrora foram negociados espaços para algumas outras embaixadas como as de Portugal, da China e da Rússia sedeadas na Capital”.

Numa publicação na rede social facebook, Correia, começa por destacar as boas relações diplomáticas e de cooperação com Cabo Verde, bem como o facto de os EUA albergar a maior comunidade cabo-verdiana emigrada. 

“A mudança do Liceu Cónego Jacinto, deve colocar sobre a mesa a contrapartida de se construir primeiramente um outro liceu, não muito distante da atual localização, com melhores condições e mais apetrechado, para que a comunidade educativa saia também a ganhar com a troca e não haja descontinuidade lectiva”, lê-se na publicação. 

O deputado cita como exemplo, a mudança do antiga ENG, da UniCV, para dar lugar ao complexo do Hotel Hilton na Cidade da Praia, embora, segundo explica “com outras razões do Estado e das relações internacionais, onde ressaltam o interesse nacional”.

“Há momentos que, com sentido de soberania sempre e de cidadania o quanto baste, temos de ser Estado”, conclui.

Recorde-se que a Janira Hoppfer Almada (PAICV) e António Monteiro (UCID) mostraram-se publicamente contra este negócio da venda do Liceu da Várzea.

TN - Redação

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS