24
Sex, Nov

Queria ser um poeta justiceiro, com poderes para açoitar. Eu impunha um decreto-lei sobre as chibatadas. Eu daria uma lista ao meu amigo filósofo, que Platão achou o único digno de estar na política.

Cumprem-se hoje 500 anos sobre o início da Reforma Protestante, um extraordinário, e muito complexo movimento histórico iniciado por Martinho Lutero aquando da fixação em Vitemberga das suas chamadas 95 Teses e que ao longo de cinco séculos trouxe à Europa um misto de benefícios e terríveis dores.

“As grandes corporações da internet e os serviços de segurança se aproveitam das lacunas regulamentares (nacionais e internacionais) para impor suas regras. A população fica desamparada para defender seus direitos e desenvolver projetos autônomos. Foi diante da constatação dessa situação que nasceu a iniciativa de promover o Fórum Social da Internet (FSI), como um espaço mundial autônomo de organizações sociais e de cidadãos dos diversos setores sociais para debater e buscar respostas para essa situação”. A reflexão é de Sally Burch, jornalista britânico-equatoriana e diretora executiva da ALAI, em artigo publicado por ALAI

Eis o artigo.

 

A Revolução Russa nasceu “para responder a um vazio ideal – inicialmente aclamada, na sua hipóstase de fevereiro, e bem logo traída, mistificada na turbulência de outubro. O seu resultado na sociedade soviética seria um novo e trágico vazio, o vazio de Deus e, portanto, do homem.” A opinião é do arcebispo italiano Antonio Mennini, núncio apostólico na Grã-Bretanha. De 2002 a 2010, foi representante da Santa Sé na Federação Russa. O artigo foi publicado no sítio Settimana News. 

Mais artigos...