24
Sex, Nov

O Papa Francisco ofereceu, esta quarta-feira, a Donald Trump a edição em inglês da mensagem para o Dia Mundial da Paz 2017, da exortação “A Alegria do Evangelho” e da Encíclica “Laudato sí”, sobre “o cuidado da casa comum”.

O Patriarca ecumênico de Constantinopla estará no Cairo nos dias 28 e 29 de abril. Ele foi convidado pelo Grão-imã da Mesquita de Azhar, o xeique Ahmed Mohamed el-Tayyib. São os dois dias em que também estará no país o Papa Francisco. Uma presença significativa, que une os cristãos e junta seus testemunhos de unidade como sinal para a paz no mundo, neste momento difícil, quando sopram ventos de guerra. O Papa de Roma e o Patriarca de Constantinopla estarão ao lado do Papa da Igreja copta Tawadros II, cuja comunidade foi atacada e ferida de morte pelos fundamentalistas.

Il “Papa emérito”, Joseph Ratzinger, completa amanhã 90 anos. Nasceu no dia 16 de abril de 1927 em Marktl am Inn, em Baviera. Foi eleito Papa a 19 abril de 2005. Para a surpresa de todos, no dia 11 de fevereiro de 2013 anunciou  (em latim) ao mundo que se demitia do ministério petrino.

 

Todos têm direito à paz. A guerra deve ser banida da face da terra, deve ser declarada ilegal – foi realçado por um dos oradores no Congresso Internacional sobre os 50 anos da encíclica Populorum Progresso – refere o Cardeal D. Arlindo Furtado, bispo de Santiago de Cabo Verde.

Mais artigos...